terça-feira, 4 de dezembro de 2012

folhas ao vento...



























pensando em nada 
fazendo força sem sair do lugar
como se estivesse no espaço
sem gravidade
sem absolutamente nada
no vácuo
solta ao vento
seguindo a correnteza
caindo como a chuva
e nada de pensamentos
livre assim...
.
sem conseguir lembrar do turbilhão de ideias que sempre atormentou sua cabeça
brincando e brigando como irmãos
nem bom nem ruim
sem sentimentos nem razão
o copo parece vazio
parou de transbordar
parou de incomodar
está neutro
como uma folha em branco
esperando a inspiração se revelar
pintada com as cores do arco-íris
enfeitada com as flores da primavera
no tom de uma música suave
que chega mudando o caminho e a história mais uma vez
delícia de vida que tem sempre uma surpresa para nos tirar do lugar :)
.
bom dia para você!
.
beijos
claudinha

Um comentário:

Bia Hain disse...

Oi, Claúdia. Lindo escrito, como sempre...não sei porque suas atualizações não aparecem no meu blog, se conferir a lista da página inicial verá que o seu nome aparece no final. Será um problema de configuração? De qualquer forma, passei para deixar meu abraço!