terça-feira, 16 de março de 2010

equilíbrio


bom dia!

cresci ouvindo e tendo exemplos de que ajudar "o próximo" é bom
saudável
faz bem à alma e ao coração

papai sempre fez isso
dava o exemplo sem se vangloriar
sem muito alarde
simplesmente fazia o que achava que era o certo

fui crescendo e no auge da minha adolescência
de filha única egoísta e rebelde
entrei para o grupo de jovens Abertura
e depois fiz parte durante muitos anos
da Comunidade Carmo-Sion

sempre ouvindo, sentindo e tentando
ajudar "o próximo"
tive exemplos muito marcantes
que tatuaram o meu caminho
e sinto muito orgulho de ter participado dessa grande trupe do bem



mas como toda história tem no mínimo dois lados
eu tenho pensado muito no outro lado
naquele que me fez olhar só para o "próximo"

adotei muitas pessoas ao longo do meu caminho
a maioria com um perfil parecido com o meu
ajudei muito
fiz muito
amei muito
odiei muito
decepcionei muito
me alegrei muito
tudo muito
porque eu sou assim 8 ou 80...

e agora que estou revendo minhas escolhas
estou percebendo que não adianta ajudar "o próximo"
se não consigo me ajudar
incentivei tanta gente
com palavras, gestos e coisas materiais
mas nunca tive esse carinho comigo mesma
muito pelo contrário
sempre me cobrei demais
fui cruel e exigente com cada erro que cometi
a serenidade que eu tanto queria ter herdado do papai
não chegou até mim
e com isso fui me atropelando
e aos outros também...

percebi que de nada adianta ajudar "o próximo"
se eu não coloco em prática na minha própria vida
o que estou dizendo e fazendo pelo próximo
porque se eles conseguirem tudo
é tudo deles
e não meu
as conquistas, os sonhos, as dores, as alegrias
nada me pertence
mesmo que eu tenha estado ali ao lado
incentivando, fazendo e acontecendo
no final da festa
quando cada um vai pro seu canto
eu volto para casa de mãos vazias
porque plantei para a vida dos outros
e não para minha própria vida...

estou sendo egoísta? será?
antes eu pensava assim
e agora afirmo que estou sendo justa
e que me colocar em primeiro lugar na minha própria vida
é um dever
é a melhor escolha
é o mais saudável
pois se eu conseguir ser minha amiga
como sou dos meus amigos
aí sim poderei ajudar "o próximo"
e fazer tudo que eu achar que devo
mas sempre tendo em mente
se o que estou fazendo pelo outro
eu já fiz por mim mesma
para meus filhos
e para minha família

essa lição é muito complexa
e ainda estou assimilando
espero ter sabedoria neste momento tão delicado
onde estou descobrindo
o limite entre eu e "o próximo"
e que eu aprenda a não ir nem tanto aos céus
nem tanto ao inferno



EQUILÍBRIO
esta é a minha palavra de hoje

que o bondoso Deus nos abençoe
hoje e sempre
amém

....

7 comentários:

Mary disse...

Com certeza equilíbrio é tudo na vida. Mas não é fácil. Tem que lutar e muito!!!! Beijos

Ana Lúcia disse...

Buda já dizia que só se chega ao nirvana quem consegue seguir o caminho do meio.
Bjs

Beatriz disse...

AcHo que Inhotim te fez muito bem! Nunca pensei na Arte como uma descoberta de novos caminhos. Será a arte ou a beleza? Mas lá encontramos o equilíbrio perfeito entre a arte e a beleza da natureza exuberante. Certamente um não agride o outro: se completam! Parabéns amiga, mas vamos colocar uma pitada do seu humor para alegrar este equilíbrio? Bjos

lud disse...

Ai..ai...ai....
o que dizer ....somente que te amo e sinto exatamente o que você diz!
Bjins,Lud

claudia disse...

a única coisa que posso falar
é que esse texto revirou o meu dia, me emocionou, me sacudiu e agora cheguei no ponto de escolher qual caminho seguir...
ai ai...
bjos minhas queridas
obrigada por estarem sempre por aqui

Êdo disse...

Quando estamos muito pendentes para um lado e buscamos o equilíbrio, o normal é exagerarmos para o lado oposto até descobrir que devemos voltar um pouco. O problema é que muitas vezes voltamos ao ponto inical. E pior, às vezes adquirimos um medo de tentar mudar de novo. No seu caso, não se importe em ficar um pouco no outro extremo. O tempo lhe dirá quando e quanto voltar. Os verdadeiros amigos sabem que é você.
Beijo.

Claudia Pompeu disse...

menino Êdo...
a última frase que vc escreveu
é TUDO que eu queria e precisava ouvir

obrigada pelo paparico, adorei!

vc sempre foi um bom exemplo, não só para mim, mas para todos que convivem com vc

chorei... ai ai...

bjos e volte sempre!!!!!