quarta-feira, 24 de março de 2010

a noite do "Transbordar"

amanhecer azul nas geraes

ultimamente estou assim
ficando com ressaca de coisas boas
com gostinho de quero mais
e de que bom que eu fui!
.
ontem foi um dias desses
que servem como remédio para curar qualquer doença...
cheguei ao evento as 19:40
e para minha surpresa
já estava lotado!
.
subindo as escadas do salão do Minas II
me senti no jardim de infância
tudo grande
um clima de festa delicioso
se instalou naquele lugar
o motivo não podia ser melhor
o lançamento de "Transbordar"
o mais novo livro do nosso querido Frei Claudio
fiquei aqui pensando em qual caminho seguir
para descrever a festa
mas vou me soltar
e deixar as amarras pra lá
.
entrei na fila
e logo na minha frente
estavam os pais do Branquinho
a sensação de ser reconhecida
e não esquecida
é muito boa!
enquanto estava na fila
minha diversão era ficar olhando para a escada
vendo se eu conhecia quem subia
e para minha alegria
foram chegando
Adriana e Ricardo Garcia
até rimou!
.
depois de me presentear com o "Transbordar"
confesso que fiquei perdida no meio daquele salão
mas essa sensação durou pouco
pois meus olhinhos
logo se cruzaram com os da tia Alcina
e da Regina, mãe do Baião
a partir daí foi só alegria
quando ganhei ao vivo e a cores
um abraço cheio de carinho
das minhas amadas e tão queridas
Ana Lúcia, Beatriz e Mariana
.
.
aqui cabe uma curiosidade
que é a primeira foto que tiramos todas juntas
depois que criei o meu Blog
que diariamente é visitado por elas
se bobear essas meninas
sabem mais de mim
do que eu mesma...
.
não parei de sorrir
pois a felicidade ali
com certeza baixou em mim
.
.
nosso grupinho animado
só foi crescendo
e apesar de estar bem longe disso
me senti uma celebridade
com tanto carinho
e "que bom que você veio!"
a sensação era de que eu nunca havia saído dali...
.
troquei figurinhas com tanta gente querida
como a tia Lili que há muito tempo não via
que me falou do macaco Simão
do pixe
do grudar
e isso eu tenho muito que pesquisar
acho que temos que nos encontrar mais vezes
pois depois da história do macaco simão e do pixe
o "cão negro" ganhou outra visão...
.
me emocionei com a Ana Lúcia
duas "choronas de plantão"
que por pouco não borram a maquiagem
contando uma bela história real de gratidão
.
.
e mais uma foto histórica
tiramos ali
para a posteridade
para provar e poder contar
que apesar de tantas coisas
continuamos nos querendo muito bem!
.
foi uma noite de abraços verdadeiros
adoro abraços
ainda mais quando são acolhedores
ganhei um desse jeitinho da tia Lili
da Wal, João, Adelaine, Branquinho, Ju
Êdo, Anne, Jacque, Beto...
.
escoltada e de braços dados com Beatriz
fui em busca do mais esperado
abraço que foi dado no dono da festa
e quando ele me viu falou:
.
- você caprichou! você caprichou!
.
confesso que não entendi o que ele quis dizer
mas um super-mega-ultra abraço eu ganhei
e para não falar que estou exagerando
como é bem a minha cara
aqui está Beatriz para comprovar a veracidade do fato!
.
e o "você caprichou"?
o que ele quis dizer com isso?
- claudinha ele adorou a divulgação que você fez no blog!
me esclareceu Beatriz
- ôôôô genti!!!! na realidade quem tem que agradecer sou eu!
.
.
como não podia faltar
uma bela e emocionante homenagem
foi feita por amigos
que comemoraram
e contaram um pouquinho
dos 50 anos de sacerdote
do nosso querido Frei
.
boas lembranças como do saudoso tio Antônio
histórias tiradas do fundo do baú
mas que permanecem vivas
dentro do coração deste holandês
que já virou mineiro
há muito tempo...
.
.
e agora chegou o momento mais esperado por todos
as palavras do Frei
ele começou contando uma historinha
que falava de adoção
de amor
de adoração
de como ele adotou a comunidade
e de como a comunidade o adotou
tão lindo...
.
.
este assunto sempre me comove
pois pra mim
ainda não é tão claro e cristalino assim
mas belas palavras e pequenos gestos
vão me ajudando
a limpar um pouco mais a minha alma...
.
sempre me emociono com o Frei
tão verdadeiro
único
ímpar
uma pessoa iluminada
que ninguém consegue apagar
pois suas palavras são concretas
e isso não tem como negar...
.
a festa continuou animada
agora que percebi que tirei pouquíssimas fotos
pois queria colocar todo mundo aqui
mas com aquela maquininha
confesso que não me animei a clicar
mas boba que fui
pois a foto pode não ser perfeita
mas sempre me ajuda a ilustrar
e lembrar os bons momentos que passamos todos juntos!
.
.
graças à Beatriz
tirei uma foto com o Frei Cláudio
não preciso nem falar o quanto estava feliz
sorriso maior que este
só se eu rasgasse a minha boca!
.
a hora de partir foi se aproximando
e desta vez o premiado para me levar para casa
foram meus queridos padrinhos
Êdo e Anne
.
mas antes de irmos embora
ainda recebi o carinho da Hilda e do Júlio
e para fechar com chave de ouro
ouvi da tia Alcina:
.
- tchau mocinha!
.
e ganhei um beijinho mais "delicia"
da pequena Sofia
filha do meu sempre Kaká
.
a "van" dirigida pelo super-Êdo
deixou Beatriz em casa
e depois me trouxe aqui
do outro lado da cidade
bom, pois assim tivemos um tempinho
para colocar as "fofocas" em dia!
.
cheguei em casa de alma lavada
linda, leve e solta
ganhei um super abraço dos meus filhos
contei resumidamente o que tinha acontecido ao Wander
e lógico
sentei aqui para ver e manipular as fotos
que já estão no orkut!
nossa... "falei" demais!
e ainda faltou um monte de ti-ti-ti's!
.
ai ai
como estou FELIZ!
obrigada bondoso Deus
Obrigada!
....

4 comentários:

Beatriz disse...

Que me perdoe Frei Cláudio, mas não vou ser criativa, vou plagear sua frase:
"Você caprichou!!!!" Ficou ótimo, mas a noite foi mesmo mágica e muito merecida! Bjos

Claudia Pompeu disse...

e a minha ressaca continua... rs

Êdo disse...

Já estou na comunidade "Saí nas fotos da Claudinha". Agora vou para a comunidade "Saí no blog da Claudinha".
Ahahahah!

Claudia Pompeu disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ADOREI a sua idéia!!!!! ;)