terça-feira, 20 de abril de 2010

ai ai...

a lógica de toda palhaçada






















toda palhaçada tem um palhaço
e ele pode ter ou não o nariz vermelho
se vestir com roupas coloridas
ou um belo pretinho básico
pode usar sapatos enormes e divertidos
ou um chiquérrimo scarpin Maria Bonita Extra

em alguns casos
pode escolher o papel por vontade própria
e em outros pode simplesmente ser usado como bobo da corte
sem nem ter idéia disso...

interessante
você já interpretou este papel sem perceber?
o palhaço acha que tem o domínio
que consegue arrancar o riso das pessoas
compete com o mágico, com o malabarista e o equilibrista
quer ser sempre o melhor
faz de tudo para te fazer rir
até baixar as calças e mostrar a cirola furada

geralmente as crianças o adoram
ou morrem de medo
daquela cara pintada e deformada
que muitas vezes esconde uma enorme tristeza

quando a pessoa cai de gaiata na história
geralmente pensa que está arrasando
enganando todo mundo
fingindo de esperta
quando na realidade só está sendo usada
pois afinal o espetáculo não pode parar
o circo está sempre armado
e o picadeiro precisa de artistas
para que o show divirta a platéia e dê lucro

pobre palhaço
que finge que é amado
em troca de alguns trocados
ou de um eu te amo
coberto de interesse do seu empresário
que não titubeia em vendê-lo a qualquer picadeiro que o compre

pagando bem
que mal tem!
será?

pobre palhaço
que pensa que sabe tudo
mas quando na verdade
não passa de uma marionete
nas mãos ágeis de quem o criou
que ele continue cantando, dançando, representando
e bancando o show

estou aprendendo muitas coisas úteis no twitter, buzz e nos blogs
como encarar críticas
como lidar com pessoas que não gostam da gente
e como agir quando nossa opinião é polêmica

aprendendo a viver pela internet
é... estou sendo cria da internet
ai ai
coisa mais estranha de se pensar...

que o bondoso Deus
dê alegrias aos palhaços
e corações aos seus empresários
amém.


...

7 comentários:

Mary disse...

Nossa, Claudinha, que texto!!! Quanta metáfora (escondida?). Espero que as comparações já estejam resolvidas! Beijos e boa semana

Claudia Pompeu disse...

ai ai mary mary
ai ai...
bjos pra vc também! :)

Mary disse...

Acho que o tema está me persiguindo. Olha o que acabei de ler:
"Se você tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando. Falei muitas vezes como palhaço, mas nunca desacreditei da seriedade da platéia que sorria." Fred Maia

Mary disse...

Ops, digitação errada:
persEguindo. Sorry, beijos

Wander disse...

Acho, apenas acho, que ninguém muda sua própria vida depois que sai do circo. Se o palhaço te enganou, foi só ali dentro, e nada mais. Não deixe que ele tome conta de você. Aliás, não deixe que nada tome conta de você. Tudo de ruim é ruim, tudo de bom, também é ruim. Às vezes, o ruim nos lembra o valor do bom.
Te amo,

Beatriz disse...

Tentei mas não consegui filosofar: sorry!!!! Acho que acordei embotada. De qualquer forma Beijos Beatriz

lud disse...

Texto muito bom...........muito bom mesmo....na verdade vou até reler.Bjins,Lud