quarta-feira, 12 de outubro de 2011

barra...















feliz dia das crianças!
feriadão de tempo quente e nublado nas geraes
.
ô gente
ai se não fosse eu na minha vida!  :)
.
o mico leão dourado do primeiro semestre de 2011
como alguns devem se lembrar
foi a minha cômica apresentação no trabalho de matemática

e agora para representar o segundo semestre
o episódio que está concorrendo ao pódium
aconteceu na última aula de muay thai
quando o professor mandou pela primeira vez
que os alunos fizessem barra :(
.
para os homens só 4 subidas
de joelhos dobrados
braços esticados
e queixo acima da barra

falando assim até que parece fácil, certo? 
.

as meninas tiveram vantagem
e com ajuda do professor e de um colega
já começamos lá nas alturas
e era só aguentar o máximo de tempo possível
com o corpo esticado
e o queixo acima da barra

super simples, né?
.

a fila foi se revezando entre o azul e o rosa
a primeira menina ficou os 10 segundos desejados
a segunda ficou um pouco menos
até que chegou a minha vez

de passar pela "barra da morte"  :(
.




















sem a mínima noção do que podia acontecer
mas crente que ficaria ali dependurada
fui confiante de fazer bonito
afinal pela primeira vez os meninos estavam vendo a aula :)
.
seguindo as orientações do professor
consegui colocar meu queixo acima da barra
e a última coisa de que me lembro foi:
.
vou te soltar
segura firme aí
e fique o tempo que aguentar...
.
daí por diante foi patético
ridículo
um "humilho" só!
.
ô gente
que vergonha
não consegui ficar nem um mísero segundo!
.

meus braços foram derretendo
como manteiga na panela quente
ou uma geleca escorrendo pela parede
coitadinhos perderam a força
e a única coisa que consegui falar foi:

.
ai
aaai

ai ai ai...
.

e já estava de volta ao chão
em tempo recorde
acho que posso até entrar para o guines
como aquela que ficou menos tempo na barra
um verdadeiro fiasco

frustrante assim... :(
.
a história ainda continuou
quando voltando para casa
e ainda tive que ouvir:
.
- mãe, você foi a que menos aguentou naquele exercício!
- é... eu sei...
- você foi a pior da turma!
- é... eu vi...
- você foi pior que a letícia!
- ihhhhhh! :)
.
missão impossível essa
de conseguir explicar para os filhos
que na altura do meu campeonato
20 anos a menos
20 quilos a menos
20 centrímetros a mais na altura
fazem toda a diferença  :)

.
olhando por outro lado
acho que esse episódio
seria uma ótima desculpa
para que eu desistisse do muay thai
mas agora com 20 anos a mais de aprendizado
vou pegar essa história e transformá-la em meta
e daqui alguns meses a gente volta a conversar :)
.
o trauma deve ter sido grande
pois vira e mexe
a história volta em cena
e os meninos ficam me dando dicas
de como melhorar a minha performance
como treinar nos brinquedos da praça de santa tereza
que são mais baixos e eu consigo subir sozinha  :)
.
- mãe, é só treinar
você vai conseguir!
- vou sim! :)
.
ai ai...
assim vou vivendo
tentando ser mais leve
deixando pra lá minhas sentenças de morte
e aprendendo a rir de mim mesma :)
.
bondoso Deus
persistência
treino
determinação
e paciência é o que estou precisando
hoje e sempre
amem :)


ps. para quem não leu
aí fica a dica :)

http://clpompeu.blogspot.com/2011/04/vergonha.html

fui lá reler o post "vergonha"
e num é que fiquei foi orgulhosa de mim
pois dessa vez
não chorei
não mentalizei as palavrinhas mágicas
e muito menos fui mexicana!
.
uhuuuu!!!!!
ó eu feliz  :)


...


...

7 comentários:

FelisJunior disse...

Olá! Conhecendo outros blogs! Aff..rsrs,para chegar neste passei pelo outro. Mas valeu, a pena, pelas crônicas, tema pouco utilizado na blogosfera. Parabéns! Sucessos e bom feriado!
Abraços!



quando der visite felisjunior.blogspot.com

Lele disse...

Parabéns! Pois só de estar lá e enfrentar a barra já demonstra coragem. Fiquei super feliz com o final que dizia, "daqui a alguns meses a gente conversa". Torcida para ela gente. Vai Claudinha, vai!!!!
Beijos

claudinha disse...

oi lelê! obrigada pelo apoio!

vou treinar
nem que tenha que colocar uma escada para alcançar a barra!!!! rs

bjos
claudinha

Mary disse...

Oi Claudinha,

Não sei se era objetivo seu, mas... morri de rir com sua narração.
Não se preocupe, ficar pendurada naquilo não é nada fácil! Além do mais, está londe de ser o mais importante. O mais importante é você se superar. Seja na barra, no "não chorar", no seguir em frente... para o que der e vier!!!
Beijos e até mais logo.

claudinha disse...

mary mary
chorona hoje eu estou
e suas palavras me emocionaram, pois vc fez a leitura no tom que eu escrevi :)

vc vai? vai? vai? vai?
oba oba oba!!!!!!
bjos
claudinha

Karina disse...

Com o incentivo dos filhões, logo vc fica fera na barra! É dificil mesmo... mas não impossível! Vc consegue!!!

Bjs!

Juliana disse...

ninguém merece barra neh? não gosto nenhum um pouco prefiro fazer prancha!!!!