terça-feira, 29 de maio de 2012

meu jardim



"Ao invés de esperar que alguém lhe traga flores
você fez o teu próprio jardim com sapiência e bom gosto."
.
recebi essa delicadeza do Edson Sarmento no diHITT
achei tão lindo que resolvi guardá-lo aqui
no meu cantinho cor de rosa :)
.
tudo na vida depende do nosso olhar
que pode ser doce
ou amargo
podemos encarar as novidades como um desafio
ou com extrema desconfiança
plantamos e colhemos o que cabe em nossos gestos
se só enxergamos a lama
perdemos a chance de apreciarmos belas flores
e com essa ideia em mente
ao invés de desprezar toda uma história
optei por fazer parte dela
e continuar escrevendo esse belo livro de contos de família
que começou há muitos e muitos anos atrás :)
.



plantar
cuidar
colher
abrir os olhos para o que o mundo tem para nos ofertar
essa lição é de uma grandeza tão bela
que pode acalmar a mente
aquietar corações
trazendo de volta a harmonia
e a sintonia dos que comungam deste mesmo sentimento  :)
.



e o mais bonito de tudo 
é que estou fazendo meu jardim
cheio de flores e pessoas queridas
num lugar que tem cheiro de família
de encantos que os olhos não podem ver
mas que o coração com certeza sente
minha verdadeira "casa no campo"
como dizia a letra da música de Zé Rodrigues
cantada por Elis Regina :)
.
"Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa compor muitos rocks rurais
E tenha somente a certeza
Dos amigos do peito e nada mais.
.
Eu quero uma casa no campo
Onde eu possa ficar no tamanho da paz
E tenha somente a certeza
Dos limites do corpo e nada mais.
.
Eu quero carneiros e cabras pastando solenes
No meu jardim
Eu quero o silêncio das línguas cansadas
Eu quero a esperança de óculos.
.
E um filho de cuca legal
Eu quero plantar e colher com a mão
A pimenta e o sal
Eu quero uma casa no campo.
.
Do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e livros e nada mais!
.
Onde eu possa plantar meus amigos
Meus discos e meus livros e nada mais!"
.


fico por aqui
com a imagem livre do meu rei
balançando seus cabelos cacheados ao vento
de olhos fechados
só sentindo a brisa e o sol
que o enchem de energia e vida
simples assim :)
.
beijos
claudinha


ps. as fotos eu tirei no sábado passado em Igarapé :)
     



.........

5 comentários:

Beatriz disse...

Estou adorando esse novo lar... Um dia eu vou lá! Beijos

Claudia Oliveira disse...

Beatriiiiiiiiiiiz minha querida
amei as fotos da sua viagem!

de Paris para Igarapé
isso vai ser sensacional!!!!!

já estou esperando a visita de vcs!!!!!

bjos
claudinha

Pithan Pilchas disse...

Olá Claudia,

dar uma desacelerada e curtir mais a natureza é tudo de bom.

Bju

Paulo

Eliana disse...

Sempre gostei da rima: flor / amor.

Cla disse...

Gostoso, lugar tranquilo, paz e muito amor sempre. Adorei Claudia, grande beijo.