terça-feira, 27 de março de 2012

a carta cor-de-rosa

















o belo texto do meu compadre Êdo
mexeu com minhas ideias brilhantes
e a resposta desta vez
não poderia seguir por email
pois aquele ritual tão bem desenhado por ele
merecia uma carta escrita à mão :)
.
escrever para o blog rosa é tão simples
ainda mais agora que consigo deletar tudo que não gosto
mas quando a escrita é no papel ...
aí o "não posso errar" entra na história
deixando tudo muito mais emocionante :)
.
racionalmente falando
poderia ter digitado e depois copiado
mas com certeza perderia toda a graça
por isso fui seguindo o passo a passo
escrevi uma... duas... três vezes
o punho já estava doendo de tão tenso
as ideias evaporaram
e só consegui terminar depois da quarta ou quinta tentativa :)
.
Agência da Floresta



no correio voltei à minha adolescência
lembrando das inúmeras cartas que escrevi e recebi da andrea oliveira
de quando ela morou na dinamarca
ai ai... :)
.
prontinho e o envelope rosa já está a caminho
agora é só esperar
mas vem lua vem sol
e nenhum sinal de fumaça...
.
será que pergunto se chegou?
mas assim vou estragar a surpresa!
mas e se não chegar?
ele com certeza vai pensar que fiz pouco caso
ou pior
que não gostei
e agora?  :(
.


no segundo dia de espera
não aguentei:
.
- chegou?
- deixa eu ver... não... dei refresh nos emails e nada...
- mas não vai chegar por email!
- não? vai chegar por onde então?
- ih... :)
.
minha resposta demorou bem mais do que eu esperava
mas no quarto dia recebi esse recadinho:
.
"Yes!!!! Chegou! Chegou! Na verdade já estava na caixa de correio do prédio, não sei deste quando. Que linda cartinha, minha querida comadre. Estou aqui, teclando com uma mão só, pois com a outra seguro uma toalha para não molhar todo o computador. Olha, não consegui calcular há quanto tempo recebi minha última carta escrita a mão. Muito obrigado, de coração, adorei. E aguarde a resposta. "
.
delícia de vida, gente!
quer saber se eu gostei?
não não
eu adorei
e já estou aqui esperando o carteiro gritar "óóóóó o correio!"  :)
.
ai ai...
mais um 'chá das cinco'
foi servido com sucesso
deixando gostinho de quero mais
e uma grande alegria por ter amigos sensíveis
interessantes, inteligentes
e dispostos a compartilhar um pouquinho de suas histórias aqui com a gente  :)

...........................

ps. continue seguindo o caminho das folhas de outono
      e leia o próximo post :)

4 comentários:

Beatriz disse...

A outra recebora deverá demorar um pouquinho para responder.. mas vc deverá dar o desconto da idade.

Estou adorando essa revolução que o blog Rosa está fazendo em nossos hábitos. Beijubas

Bia Hain disse...

Oi, Cláudia. Me adaptei à realidade da internet, mas sinto falto de enviar e receber cartas, dos papéis e envelopes que podem ser guardados em uma caixa e agenda e que traz impresso a marca de quem escreveu. A vida segue, os hábitos mudam...Seu post me deu uma sensação de nostalgia, adorei. Um abraço!

Gabys Lira disse...

Como faz falta enviar e receber cartas!!!!

Lalu disse...

Gente, tô adorando essa história. O texto do Êdo foi lindo e a reação e o novo post da Claudinha também arrasaram. (Êdo, você realmente é uma pessoa especial e tenho muito orgulho de ter você como amigo).

Realmente, vocês têm razão. O e-mail e as redes sociais trazem uma série de facilidades e acabam nos aproximando de muitas pessoas, mas não têm a emoção e o suspense das cartas "de verdade". Bem, pelo menos podemos ter a tranquilidade de saber que, em muitos casos, as amizades são "de verdade", mesmo que a comunicação seja virtual...